INÍCIO ARTIGOS ESPÉCIES GALERIA SOBRE EQUIPE PARCEIROS CONTATO
 
 
    Artigos
 
"Se não está quebrado, não conserte!"
 
Dianne De Leo - Experiência sobre a troca de produtos sem necessidade
Por: Dianne De Leo (EUA) 

Achei que tinha aprendido a lição algum tempo atrás, mas obviamente não aprendi. Me senti compelida a mudar o que estava funcionando para mim, na esperança de tornar meus camarões mais saudáveis e felizes. 
Eu usei o mesmo condicionador de água por anos sem qualquer problema. Alguns criadores de camarão recomendaram usar um diferente condicionador. Na opinião deles era um produto muito melhor. Saí da linha do “não mexa nisso” e comprei-o.

Fiz uma TPA generosa e adicionei o novo produto. Dentro de 8h perdi todos os camarões de meu aquário, com exceção de três. Contatei ambos os fabricantes e eles concluíram que talvez houve uma interação química entre os dois produtos. Eu não tinha idéia que o condicionador que havia remanescido após a TPA pudesse interagir com o mais recente que eu havia adicionado. Eu não deveria ter “feito experiências” com o aquário todo! Fiz uma TPA de 90% e usei meu condicionador antigo. O aquário sofreu uma reviravolta e hoje contém mais de 200 camarões. 

Eu “saí da linha” novamente semana passada e adicionei algumas folhas de carvalho ao meu aquário de Snowballs. Pensei que eu tinha tomado as devidas precauções, lavando e enxaguando com numerosas trocas de água, daí lavando bem antes de colocá-las no aquário. Eu as coletei de uma árvore que tinha certeza que nunca havia sido tratada quimicamente. Para meu horror descobri que todos exceto um camarão Snowball estavam caídos mortos no substrato na manhã seguinte. Eu havia lido muitos artigos brilhantes sobre o uso de folhas de carvalho e me senti segura de que teria os mesmos resultados. Obviamente havia algum contaminante nas folhas. Foi uma experiência de partir o coração. Sei que centenas de criadores de camarão usam folhas de carvalho sem efeitos danosos.

Meu conselho para os criadores novatos seria de tentar manter a coisa simples. Boa qualidade de água, temperatura correta e boa comida são a chave para camarões saudáveis. Faça experiências apenas em pequenos aquários de quarentena, e não com toda sua criação. Use bom senso e quando ler algo que lhe pareça bom, investigue, procure por informações que também lhe dê os resultados negativos. Criar camarões é um hobby de constante aprendizado que está cheio de tombos e curvas de aprendizado. O que funciona para uma pessoa nem sempre pode funcionar para outra.


Tradução e adaptação: Leonardo Denardi
VEJA TAMBÉM
   
"Neocaridina cf. zhangjiajiensis" variações de cor
Andy - Forma selvagem e as inúmeras variaç...
Saiba mais
   
- Lista de "Aegla" que ocorrem no Brasil
Lista de "Aegla" brasileiros
Saiba mais
   
Ampulárias no controle de Alga Peteca
Leonardo Carvalho - Pomacea diffusa: Uma a...
Saiba mais
   
Variedades de cor na "Pomacea diffusa" 2: Genética
Walther Ishikawa - Genética das Variedades...
Saiba mais
   
Identificando o “Mosquito da Dengue”
Culex x Aedes aegypti x Aedes albopictus
Saiba mais
   
Classificação e Taxonomia das "Pomacea"
Walther Ishikawa - Classificação das Ampul...
Saiba mais
   
Classificação dos Camarões Red Crystal
Chantal Wagner - Classificação dos Camarõe...
Saiba mais
   
Genética das Cores de Caramujos “Ramshorn”
Variedades de cor e genética de Planorbídeos
Saiba mais
   
Salvem os Caramujos!
Mateus Camboim - Salvem os Caramujos!
Saiba mais
   
- Lista de Camarões de Água Doce Brasileiros
Lista de Camarões de Água Doce Brasileiros
Saiba mais
   
Caranguejos Chama-Maré 1 - Informações gerais
Walther Ishikawa - Caranguejos Chama-Maré ...
Saiba mais
   
Caranguejos Chama-Maré 2 - chave de identificação
Walther Ishikawa - Identificando a espécie...
Saiba mais
 
« Voltar  
 

Planeta Invertebrados Brasil - © 2017 Todos os direitos reservados

Desenvolvimento de sites: GV8 SITES & SISTEMAS