INÍCIO ARTIGOS ESPÉCIES GALERIA SOBRE EQUIPE PARCEIROS CONTATO
 
 
    Artigos
 
Classificação dos Camarões Red Crystal
 
Chantal Wagner - Classificação dos Camarões Red Crystal
Os camarões Red Crystal (Crystal Red Shrimp), frutos de uma mutação do camarão Bee descoberta em 1991 pelo criador japonês Hisayasu Suzuki, foram um dos primeiros camarões exóticos e coloridos a serem introduzidos no hobby brasileiro e ainda hoje são os preferidos de muitos entusiastas dos pequenos invertebrados. E não é à toa, o seu comportamento é fascinante e a sua fragilidade torna a criação um desafio, sendo recomendados para aquaristas com mais experiência. Porém, como se não bastasse manter alguns exemplares saudáveis se reproduzindo regularmente, há um sistema de classificação ou graduação dos camarões.
Este sistema visa os separar em linhagens de diferentes níveis pela qualidade e padronagem da cor. Dependendo da dificuldade em obter e fixar um padrão o seu valor aumenta, chegando a custar milhares de reais. O sistema de classificação ainda é muito subjetivo e cada criador estabelece padrões e nomenclaturas ligeiramente diferentes, tendo tabelas próprias. Esse artigo não visa ser um guia oficial, muito menos definitivo pois as graduações sempre sofrem revisões, é apenas um meio de familiarizar os hobistas com o mundo dos camarões de luxo.

A imagem abaixo explica o sistema básico de classificação:


Cada letra corresponde a um grau de intensidade da cor, sendo que quanto mais branco é o camarão mais nobre ele será.
A diferença entre o SS e o SSS é, respectivamente, presença e ausência de qualquer mancha vermelha no corpo.
A mudança mais recente no sistema de classificação japonês foi a extinção das classes C, B e A. Estes camarões estão sendo descartados ou vendidos por valores muito baixos, enquanto camarões SSS chegam a custar mais de U$ 500,00. Claro que no Brasil não podemos descartar essa classificação ainda, pois as classes C e B são as mais comuns. Felizmente, alguns poucos criadores fazem um bom trabalho de seleção e pensam no futuro das linhagens.

A imagem abaixo é uma tabela de características especiais dos camarões, que são usadas em conjunto com o sistema de classificação:


Desenhos especiais na cabeça, corpo ou cauda recebem nomes, cujos significados geralmente são alusões às suas formas e são escolhidos de acordo com a imaginação do criador. As mutações mais interessantes são fixadas por um processo de seleção e logo viram novidades cobiçadas.

Nas imagens a seguir vou mostrar cada classe mais a sua característica especial e tentar explicar o porquê de tal classificação:


Classe C - Coloração esparsa, pouco intensa e ausência quase completa de branco.



Classe B - Branco e vermelho distribuídos esparsamente sem nenhuma listra definida.



Classe A - Listras definidas, mas ainda há falhas na coloração.



Classe S - 3 White Band - Como o nome já diz, três listras brancas. Cores bem definidas e sem falhas.



Classe S - 4 White Band - quatro listras brancas bem definidas.



Classe S+ - V-Band - A faixa central se afunila criando uma semalhança com a letra V.


Classe S+ - Tiger Tooth - A faixa central tem um desenho que lembra duas presas, daí vem o nome "Dente de Tigre".



Classe SS - Hinomaru - Ao invés da faixa central há um círculo. Hinomaru significa "Círculo do Sol" e é um dos nomes da bandeira do Japão. Animais com manchas e cores que se assemelham ao Hinomaru são muito apreciados pelos japoneses.



Classe SS - Double Hinomaru - "Hinomaru duplo", as faixas central e próxima à cauda são círculos.



Classe SS - Hinomaru No-Entry Sign - É como o Hinomaru tradicional, mas ao invés de um círculo perfeito há um círculo cortado por uma linha branca que se assemelha a uma placa de "Proibida a Entrada", como esta: imagem.



Classe SS - Double Hinomaru No-Entry Sign - Como o Hinomaru Duplo, mas com o círculo central cortado por uma faixa branca.



Classe SS - Maro - Novidade que recebeu o nome de seu criador. O Maro tem dois pequenos círculos brancos lado a lado na cabeça e apenas uma mancha redonda no corpo, próxima à cauda.


Classe SSS - Mothra + Crown - Também conhecido como Mosura, o que é apenas uma adaptação fonética ao alfabeto ocidental. O seu criador deu este nome pois é fã dessa personagem dos filmes de monstro que contracena com o Godzila. Mothra é uma mariposa gigante, mas fica difícil descobrir qual a semelhança entre o camarão e isso aqui: Mothra
Esta característica deve vir acompanhada da cauda estilo "Fan". Existem dois tipos de Mothra, esta é a Crown (Coroa), a mancha vermelha toma a lateral da cabeça do camarão.



Classe SSS - Mothra + Flower - A mancha vermelha na lateral da cabeça se assemelha a uma flor, segundo o criador. Para conseguir distinguir facilmente entre Crown e Flower: Crown toma a lateral do camarão uniformemente e Flower tem falhas.
Os Mothra costumam atingir os mais altos valores de venda, de acordo com várias características que podem os valorizar ainda mais.



Snow White - Os criadores conseguiram chegar no fim da corrida pelo branco perfeito. Os exemplares "Branco Neve" atingem altos preços no mercado dos aficcionados por camarões especiais. A tonalidade de branco precisa ser mais fria, algumas vezes pode ficar azulado pois possuem os genes do camarão Bee original.



Golden - Totalmente brancos e puxados levemente para o amarelo, o que dá uma aparência dourada. A cor mais amarelada se dá por possuírem genes de Red Crystal.



Red Ruby - Agora que a corrida para conseguir camarões 100% brancos já acabou, começou a corrida para conseguir exemplares cada vez mais vermelhos. Os criadores trabalham intensivamente para tirar qualquer mancha branca, mas o máximo que conseguiram até agora foi um vermelho liso com uma pequena mancha branca no fim da cauda. As patas e outros detalhes do corpo que costumavam ser transparentes ou brancas agora devem ser vermelhos.



Red Wine - Essa nova cor promete ser a próxima tendência entre os criadores e aficcionados. É uma nova mutação que deixa o tom do vermelho muito mais escuro e intenso, por isso o nome "Vermelho Vinho". Os camarões Red Wine podem ser quase totalmente vermelhos ou ter padrões de manchas brancas como o vermelho tradiconal. Uma fêmea com a nova coloração chega a custar R$ 3.300,00!

Embora todos esses camarões ainda estejam longe do alcance da maioria não custa nada sonhar com o dia em que a aprimoração da genérica dos Red Crystal seja tão difundida no Brasil quanto o trabalho feito com Guppies, Bettas, Discus e etc.
Na Ásia, a corrida para novos padrões e mutações nunca acaba, os criadores competem entre si para ver quem consegue o camarão mais inusitado. Muitas dessas mutações não vingam por vários motivos, mas as que são fixadas atingem valores altíssimos até a sua criação ser mais difundida e mais exemplares sejam obtidos, diminuindo o valor.
Por causa disso este artigo não vai ficar parado no tempo, assim que novidades forem fixadas serão feitas atualizações!

Tonina Forest
VEJA TAMBÉM
   
Revisão da História da "Caridina cantonensis"
José María Requena - Revisão da História d...
Saiba mais
   
Invertebrados Aquáticos: Uma Visão Global
Andrew Pollock - Uma visão geral sobre inv...
Saiba mais
   
Bivalves em aquários – dois interessantes artigos
Comentários sobre dois interessantes artig...
Saiba mais
   
- Legalidade e Invertebrados de Água Doce
Aspectos Legais sobre Invertebrados de Águ...
Saiba mais
   
Alimentação Pedal de Nêuston pelas Ampulárias
Uma forma curiosa das Ampulárias se alimen...
Saiba mais
   
Reprodução dos Camarões Nativos Brasileiros
Walther Ishikawa - Estratégias reprodutiva...
Saiba mais
   
Meu Lagostim ficou Azul!!
Cores e Mudanças de Cores nos Lagostins
Saiba mais
   
Eclosão do Camarão Red Cherry
Peter Maquire - Fantásticas fotos da eclos...
Saiba mais
   
Classificação dos Camarões Red Crystal
Chantal Wagner - Classificação dos Camarõe...
Saiba mais
   
Identidade do Caridina “Crystal/Bee”
Walther Ishikawa - Sobre o artigo de Klotz...
Saiba mais
   
"Neocaridina cf. zhangjiajiensis" variações de cor
Andy - Forma selvagem e as inúmeras variaç...
Saiba mais
   
- Lista de "Pomacea" que ocorrem no Brasil
Lista de "Pomacea" brasileiros
Saiba mais
 
« Voltar  
 

Planeta Invertebrados Brasil - © 2017 Todos os direitos reservados

Desenvolvimento de sites: GV8 SITES & SISTEMAS