INÍCIO ARTIGOS ESPÉCIES GALERIA SOBRE EQUIPE PARCEIROS CONTATO
 
 
    Artigos
 
Fertilizantes líquidos em aquários de camarões
 
Ryan Wood - Dosar fertilizantes líquidos em aquários de camarão é seguro?
Por Ryan Wood 

Uma das perguntas mais comuns sobre a criação de camarões é com relação a segurança em se dosar fertilizações em seus aquários. Este é um tema muito debatido e não parece haver nenhuma resposta definitiva. Algumas pessoas acreditam que é seguro, enquanto outras acreditam que não. Portanto, a única resposta que posso oferecer é a minha opinião e experiência neste tema. Tenho certeza que muitos irão descordar de minha opinião. Contudo, a única forma verdadeira de se chegar a alguma conclusão é através de experiência própria, e assim você poderá decidir se fertilizantes são ou não seguros para seu aquário de camarões. Nenhum aquário é o mesmo, independentemente do tamanho, plantas, substrato, etc.

Antes de determinar se o uso de fertilizantes é seguro ou não, tome nota: 

Independentemente de qual fertilizante você está dosando, certifique-se de ler os rótulos e não superdosar seu aquário. Se você superdosar pode estar prejudicando o seu camarão, independentemente do que você está realmente administrando. Antes de você culpar o fertilizante pela morte de seu camarão, note o quanto você está dosando. O EI (Estimative Index), assim como outros regimes de dosagem, sugerem dosar ligeiramente mais do que o normal, devido ao fato da necessidade de uma grande troca de água do aquário. Se você seguir estes regimes de dosagem, tenha em mente que você não deverá superdosar, e tenha certeza de que você irá realizar trocas de água de acordo com o especificado. Existem também métodos para calcular quantos nutrientes estão sendo consumidos pelas plantas, testando-se a quantidade e usando calculadoras. Você poderá encontrar essas informações e outros métodos de dosagem em outros fóruns de aquários plantados. 

Observação: Esta é simplesmente a minha experiência com fertilizantes e camarão. Por isso, é uma opinião, o que significa que esta não é uma regra. Use essa informação como quiser, mas não faça disso uma lei. Este assunto é dependente de vários cenários diferentes, parâmetros, regimes, etc. que torna quase impossível obter uma resposta definitiva.

Eu tenho mantido camarões tanto em aquários com fertilizantes quanto em aquários sem fertilizantes. Um dos meus aquários é um plantado de 10 litros com plantas bastante exigentes. A iluminação precisa ser forte, muito CO2, e uma ampla quantidade de fertilizantes. Neste aquário mantenho as plantas Ammania Gracilis, Rotala wallichii, Limnophila aromatica, e algumas outras que, para prosperar e obter sua plena saúde, exigem maiores cuidados. Eu mantenho camarões Red Cherry neste mesmo aquário. Eu tenho dosado fertilizantes "Greg Watson", que são fertilizantes secos que me permitem dosar montantes específicos, podendo desta forma economizar nos fertilizantes. Eu também tenho dosado "Kent Pro-planta" fora da embalagem. Visite o Diário do meu plantado de 10 litros para maiores informações sobre meu aquário (eu não atualizo o diário já ha algum tempo porque estou bastante ocupado com a reprodução de camarões, desculpem-me).

No inicio eu dosei KH2PO4 (Fosfato), KNO3 (Nitrato), Plantex CSM+B (Elementos Traço), Seachem Iron e Kent-Pro Plant. Plantex CSM+B também contem Ferro, mas para reforçar o belo vermelho nas plantas eu precisava dosar suplementos de ferro separados. Quando eu adicionei meus camarões Red Cherry eu continuei dosando fertilizantes da mesma forma. No inicio eu notei que os camarões se tornaram menos ativos e se escondiam grande parte do tempo. Achei que por não ter havido camarões antes neste aquário, eles poderiam estar se alimentando de algas e detritos. No entanto, após cerca de um mês notei que as cores dos camarões não eram tão vibrantes como deveriam, e apenas poucas fêmeas apareciam ovadas. A quantidade de indivíduos também começou a diminuir até que eu mal conseguia encontrar algum. Ocasionalmente eu encontrava algum morto. No momento de alimentação, poucos eram aqueles que apareciam para comer, então eu imaginei que eles estavam provavelmente comendo os mortos. Em outras palavras, eles não estavam saudáveis. 

Eu comecei a perguntar em vários outros fóruns sobre o porquê dos camarões estarem se comportando dessa maneira. Eu disse que eu usava uma grande dosagem de fertilizantes, incluindo CSM + B. CSM + B contém o cobre, que é dito ser prejudicial para os camarões. Muitas pessoas sugeriram que eu parasse de dosar o CSM + B por conta do cobre, então foi isso que fiz. Eu fiz uma troca de água do aquário e comecei a dosar somente com KH2PO4, KNO3 e Kent Plant-Pro. Após cerca de uma semana após parar de ministrar o CSM + BI, notei uma grande mudança no comportamento dos camarões. Eles estavam se alimentando bastante, e saindo com mais freqüência. Eu comprei mais camarões Red Cherry e coloquei no aquário. Os novos camarões se desenvolveram bem, e muitas fêmeas surgiram ovadas. Eu também observei as plantas. Depois de um tempo percebi que as plantas não pareciam ter sido afetadas após a interrupção da dosagem de CSM + B. Elas ainda floresciam e estavam ótimas. Fiquei feliz de ver essas duas reações positivas após a interrupção da fertilização com CSM + B. 

Eu decidi fazer mais algumas pesquisas sobre o tema fertilizantes x camarão e li que o excesso de nitrato é potencialmente prejudicial para o camarão também. Eu decidi interromper a dosagem de KNO3 (Nitrato) para ver o que ia acontecer. Minha teoria sobre a interrupção do nitrato era simples: eu percebi que as fezes dos camarões produzem nitrato o suficiente para as plantas, portanto, a dosagem de nitrato adicional só prejudicaria os camarões e não teria qualquer efeito positivo sobre as plantas. Aparentemente minha teoria estava correta. Depois de um tempo sem administrar qualquer KNO3 notei que os camarões ficaram ainda mais saudáveis, ganhando uma maior coloração, e as plantas mais uma vez pareciam inalteradas. Eu nunca mais administrei KNO3, e as plantas tem se desenvolvido muito bem, sem quaisquer efeitos colaterais. Os camarões também se tornaram muito ativos e literalmente lutam durante a hora de alimentação. 

Então eu parei de dosar o Plantex CSM + B, assim como o KNO3, e as plantas não foram afetadas. Mais importante, os camarões pareciam estar muito melhores. Houve uma diferença muito grande observada nas atividades e saúde dos camarões entre a dosagem desses dois fertilizantes, e a não administração destes. Os fertilizantes restantes que doso atualmente são KH2PO4 (fosfato), SeaChem Ferro e Kent Plant-Pro. Por favor, note que o KH2PO4 também contém potássio, o que eu acredito que é inofensivo para os camarões. Alguns acham que o ferro pode também ser prejudicial para o camarão, mas eu não acredito nisso. Eu ainda administro bastante ferro no meu aquário, uma vez que eu tenha parado com o CSM + B e KNO3, e os camarões não parecem perder sua saúde. 

Lembre-se que uma grande quantidade de diferentes tipos de fertilizantes estão sendo comercializados, principalmente em frascos de diferentes fabricantes. No entanto, os elementos básicos são os mesmos que eu estava dosando: potássio, fosfato, nitrato, ferro e elementos traço. Leia o rótulo do produto que você vai dosar/comprar antes de decidir usá-lo no seu aquário com camarões.

Lembre-se de que esta experiência se baseia em um aquário de 10 litros, um volume de água muito pequeno. Se você está mantendo um aquário de 55 litros, então as coisas são bem diferentes. Suas plantas necessitarão de mais fertilizantes, devido ao maior volume de água, e devido ao aumento de massa vegetal do aquário. Então, depender somente do KNO3 advindo das fezes dos camarões não é uma boa idéia no caso de um aquário maior. Além disso, a administração do CSM + B pode não ser maléfico aos camarões para o volume de água e massa vegetal deste cenário. Sendo desta forma, eu administraria uma dose de KNO3 muito menor, comparado ao que seria recomendado, e eu administraria uma dose ainda menor de CSM + B. Seus camarões serão muito mais sensíveis à diferença na quantidade de fertilizantes do que suas plantas.

Sacrificar uma pequena porcentagem de fertilizantes na nutrição da planta para beneficiar a saúde do camarão é mais importante se você quiser camarões mais saudáveis, na minha opinião.

Adendo: 

Um monte de aquaristas pediu a minha opinião sobre o uso de Flourish Excel em um aquário de invertebrados, ou como um suplemento adicional de CO2 ou um substituto. Eu tenho usado o Excel em aquários de camarões e descobri que os camarões parecem agir melhor quando eu não faço o uso de Excel. Mais uma vez, esta é a minha experiência e opinião. Alguns poderão dizer que o Excel não fará mal aos camarões. Ponha desta forma: eu nunca vou usar o Excel em um aquário exclusivo para camarões. Use o musgo ou fetos-de-java em vez de plantas mais exigentes quanto ao CO2, no caso de aquários exclusivos para camarões. Musgo é ótimo, pois não precisa de praticamente nenhuma manutenção, oferece cobertura para os camarões, fornece alimentos para filhotes, e ainda muitos outros benefícios. Se você está criando camarões em um aquário com plantas exigentes, então use CO2 pressurizados ou CO2 DIY (Do It Yourself - Faça Você Mesmo), fornecendo as quantidades necessárias para as plantas. Não há nada de errado em injetar CO2 natural, desde que não seja administrado em excesso.

Tradução e adaptação: Rafael Senfft
VEJA TAMBÉM
   
Eclodindo ovos de camarão artificialmente
Ryan Wood - Eclosão de ovos retirados de c...
Saiba mais
   
Genética das Cores de Caramujos “Ramshorn”
Variedades de cor e genética de Planorbídeos
Saiba mais
   
Classificação e Taxonomia das "Pomacea"
Walther Ishikawa - Classificação das Ampul...
Saiba mais
   
Hibridização de Ampulárias "Asolene" x "Marisa"
Hibridização de Ampulárias "Asolene spixi"...
Saiba mais
   
Experimentos de Dissolução de Conchas
Algumas experiências para avaliar a compos...
Saiba mais
   
Salvem os Caramujos!
Mateus Camboim - Salvem os Caramujos!
Saiba mais
   
Sexagem das Ampulárias
Walther Ishikawa - Sexagem das Ampulárias
Saiba mais
   
- Lista de Espécies Ameaçadas do MMA 2014
Lista de Espécies Ameaçadas do MMA 2014 – ...
Saiba mais
   
"Se não está quebrado, não conserte!"
Dianne De Leo - Experiência sobre a troca ...
Saiba mais
   
Identidade do Caridina “Crystal/Bee”
Walther Ishikawa - Sobre o artigo de Klotz...
Saiba mais
   
"Neocaridina palmata": parasitas nos camarões
Andy - Parasitas nos camarões - não são va...
Saiba mais
   
Algas Coralinas de Água Doce
Uma interessante descoberta de 2016, em um...
Saiba mais
 
« Voltar  
 

Planeta Invertebrados Brasil - © 2017 Todos os direitos reservados

Desenvolvimento de sites: GV8 SITES & SISTEMAS